Multimodalidade e Argumentação no Género Reportagem

  • Audria Albuquerque Leal Centro de Linguística da Universidade Nova de Lisboa
Palavras-chave: multimodalidade, gênero textual, semiótica social e argumentação

Resumo

Este artigo pretende estudar o papel do visual na argumentação do género Reportagem. Para isso, analisamos dois textos deste género textual da revista portuguesa: Visão. Para esta análise, seguimos a proposta teórica da Semiótica Social, incluindo o quadro metodológico da Gramática do Design Visual. De fato, tal como indicado, o presente artigo procurará levar em consideração o papel do não-verbal no género Reportagem e em relação à função social do género. Os resultados indicam que os significados das representações visuais participam como argumentos da reportagem e são construídos a partir das práticas sociais para atender a função comunicativa do género.

Publicado
2018-11-27
Como Citar
Leal, A. (2018). Multimodalidade e Argumentação no Género Reportagem. Diacrítica, 32(1), 25-41. https://doi.org/10.21814/diacritica.133
Secção
Argumentação e Discursos