Para além das ondas

Um ponto de partida sobre o significado social da variação entre ditongo nasal átono final e vogal oral no Português Brasileiro

  • Christina Abreu Gomes Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil
##plugins.pubIds.doi.readerDisplayName## https://doi.org/10.21814/diacritica.21

Resumo

Este artigo apresenta o resultado de estudo sobre o significado social da variação entre ditongo nasal átono final e vogal oral, como em homem ~ homi, a partir do comportamento observado de falantes do Português Brasileiro em função da variável estilo de fala. Além disso, apresenta uma reflexão sobre as diferentes “ondas” ou abordagens do estudo do significado social da variação conforme apresentadas por Eckert (2012) para situar o ponto de partida deste estudo no conjunto de práticas analíticas para o estudo da variação desenvolvidas no âmbito da abordagem da Sociolinguística. Argumenta-se que o estudo do significado social da variação constitui um desafio interdisciplinar que deve abarcar tanto aspectos macro quanto microssociais. Especificamente em relação ao objeto de estudo, os resultados para estilo de fala indicaram que a variação apresenta estratificação estilística, característica típica de marcador linguístico.

Publicado
2017-05-08
##submission.howToCite##
GOMES, Christina Abreu. Para além das ondas. Diacrítica, [S.l.], v. 31, n. 1, p. 20, maio 2017. ISSN 2183-9174. Disponível em: <http://diacritica.ilch.uminho.pt/index.php/dia/article/view/21>. Acesso em: 25 set. 2017. doi: https://doi.org/10.21814/diacritica.21.
Secção
Artigo temático