SORRIR À MORTE, COM MEIA CARA – MEMÓRIA E SENTIMENTO TRÁGICO EM JOSÉ RODRIGUES MIGUÉIS

  • Cátia Seve Doutoranda em Estudos Românicos – Universidade de Lisboa, Portugal.

Resumo

O presente ensaio pretende apontar dados que permitam interpretar a narrativa de José Rodrigues Miguéis Um homem sorri à morte – Com meia cara como uma manifestação contemporânea do sentimento trágico. Para tal, propomos uma reflexão sobre categorias trágicas herdadas da Antiguidade Clássica, procurando mostrar a universalidade do sofrimento humano e das suas reacções face àquilo que nos ultrapassa. Através da leitura do texto migueisiano, procurar-se-á problematizar a noção de conflito enquanto elemento caracterizador da tragédia.

Publicado
2018-10-03
Como Citar
Seve, C. (2018). SORRIR À MORTE, COM MEIA CARA – MEMÓRIA E SENTIMENTO TRÁGICO EM JOSÉ RODRIGUES MIGUÉIS. Diacrítica, 31(2), 16. https://doi.org/10.21814/diacritica.233
Secção
A emoção na criação literária e cultural