MEMÓRIA E EMOÇÃO

ANALOGIAS E TRANSPOSIÇÕES POÉTICAS NA OBRA DE PEDRO NAVA

  • Maria Alice Ribeiro Gabriel Universidade Federal da Paraíba, Paraíba, João Pessoa, Brasil.

Resumo

Este artigo oferece uma leitura do tema da emoção, centrando-se em Baú de ossos (1972), Balão cativo (1973) e Chão de Ferro (1976), de Pedro Nava. O tópico é analisado a partir do discurso memorialístico do autor, considerado em relação aos estudos de Paul John Eakin e Patrick Colm Hogan, no campo da emoção e da memória. A meta é expor como Nava combina domínios discursivos literariamente moldados pela Estética, História e Psicologia para contar histórias de vida.

Publicado
2018-10-03
Como Citar
Gabriel, M. (2018). MEMÓRIA E EMOÇÃO. Diacrítica, 31(2), 13. https://doi.org/10.21814/diacritica.234
Secção
A emoção na criação literária e cultural