O LETRAMENTO E A MULTIMODALIDADE NO ENSINO DE LÍNGUA INGLESA

PRÁTICAS DIDÁTICAS NOS CURSOS TÉCNICO E TECNOLÓGICO

  • Carla Luciane Klos Schöninger Instituto Federal Farroupilha/ Universidade Federal do Riod Grande do Sul
Palavras-chave: Letramento, Multimodalidade, Semiótica, Práticas de ensino, Língua Inglesa

Resumo

O presente artigo visa relatar práticas no ensino de Língua inglesa desenvolvidas nos cursos técnico e tecnológico e traz discussões acerca do conceito de letramento e multimodalidade. Os pressupostos teóricos abordados consideram as perspectivas de Dionísio (2006), Kern (2000),Greimas e Courtés(2008), Kress (2010) e Kress e Leeuwet (1996). Foram então desenvolvidas práticas nas aulas de Língua Inglesa do Curso Técnico em Química e Inglês Técnico no Curso Superior de Sistemas para Internet. As quais contaram com estratégias de leitura em suportes e modos diferentes, bem como produção de vídeos a partir de softwares, aplicativos e ferramentas da internet, contendo legenda em inglês e áudio gravado pelos alunos. Os resultados foram significativos, pois além de os alunos apresentarem domínio de ferramentas tecnológicas, esses fizeram uso do texto escrito, imagem, elementos gráficos, som e fala. Portanto, a partir de práticas de recepção envolvendo letramento, houve as produções que constituíram um sistema semiótico multimodal.

Publicado
2020-04-03
Como Citar
Schöninger, C. L. (2020). O LETRAMENTO E A MULTIMODALIDADE NO ENSINO DE LÍNGUA INGLESA. Diacrítica, 34(1), 58-69. https://doi.org/10.21814/diacritica.267
Secção
Línguas & Tecnologias: modalidades, desafios e experiência