LER E NAVEGAR NA ROTA DO INFERNO DE DANTE

  • Ana Paula Pinheiro da Silveira UTFPR
  • Maria de Lourdes Rossi Remenche UTFPR
Palavras-chave: Leitura, Semiótica, Games, Ensino

Resumo

Tradicionalmente, a preocupação da escola, no que concerne ao ensino de Língua Portuguesa tem se pautado na leitura de cânones e de um aparente fracasso na formação de leitores, o que se constata por meio de exames que avaliam o nível de letramentos de alunos que concluírem o Ensino Fundamental e Médio no Brasil (INAF, 2016). Esses indicadores demonstram a necessidade de se refletir sobre as mudanças socioculturais e suas implicações para a escola. Assim, esta pesquisa, de caráter qualitativo interventivo, realizada em uma escola pública do sul do Brasil, debruça-se sobre o uso do videogame, em sala de aula, como ferramenta de leitura e de produção de sentidos e se propõe a investigar a relação entre “ler e navegar”, na narrativa digital Dante’s Inferno. A pesquisa tem como embasamento teórico-metodológico as múltiplas reflexões sobre: ludoletramento, segundo Zagal (2010); a relação entre textos sincréticos e ensino e outros conceitos advindos da teoria semiótica que servem tanto à análise do jogo propriamente dito, em seu viés narrativo, quanto à observação dos fenômenos interativos que se produzem na relação entre o jogo e o jogador, conforme Landowski (2005) e Meneghelli (2009). Os resultados da pesquisa apontam a indiscutível viabilidade de uma proposta para o uso de videogames como estratégia de ensino e propicia a reflexão para uma prática escolar diferenciada, condizente com os novos tempos e preocupada em (re)despertar o interesse pela leitura em situação escolar.

Biografia Autor

Maria de Lourdes Rossi Remenche, UTFPR

Professora do Programa de Pós-Graduação em Estudos de Linguagens da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Campus Curitiba/PR – Brasil.. Doutora em Linguística pela Universidade de São Paulo (USP). Atualmente, realiza Estágio de Pós-Doutorado em Ciências da Educação na Universidade do Minho (UMinho), na cidade de Braga, Portugal.

Publicado
2020-04-07
Como Citar
Pinheiro da Silveira, A., & Rossi Remenche, M. (2020). LER E NAVEGAR NA ROTA DO INFERNO DE DANTE. Diacrítica, 34(1), 154-172. https://doi.org/10.21814/diacritica.290
Secção
Línguas & Tecnologias: modalidades, desafios e experiência