A Coleção Econômica de Laemmert & C. Editores – estratégia editorial no campo literário brasileiro nos últimos anos do século XIX

  • Pedro Paulo Ferreira Catharina Universidade Federal do Rio de Janeiro

Resumo

As coleções literárias reúnem uma gama de livros que revelam o perfil cultural de leitores e também as intenções comerciais de seus editores. Nossa pesquisa, da qual apresentamos neste artigo alguns dos aspectos estudados, se debruça sobre a Coleção Econômica da Livraria Laemmert & C. Editores, que difundiu pelo Brasil entre os anos de 1895 e 1898 uma série de romances estrangeiros já traduzidos para o português, em sua maioria franceses. A partir do estudo material dos exemplares desta coleção pertencentes ao acervo da Fundação Biblioteca Nacional e do material correlato encontrado na Hemeroteca Digital Brasileira, refletiremos sobre este investimento editorial da tradicional livraria-editora Laemmert que, nos últimos anos do século XIX, visava atingir o público leitor brasileiro para o qual a literatura estrangeira constituía um patrimônio cultural, ao mesmo tempo que o inseria numa comunidade letrada internacional.

Publicado
2020-07-02
Como Citar
Catharina, P. P. (2020). A Coleção Econômica de Laemmert & C. Editores – estratégia editorial no campo literário brasileiro nos últimos anos do século XIX. Diacrítica. https://doi.org/10.21814/diacritica.313
Secção
(Re)leituras e campo literário