POSSIBILIDADES DA REALIDADE AUMENTADA EM LITERATURA DE FICÇÃO PARA PRÉ-LEITORES (0-6 ANOS)

  • Villar Arellano
  • Carola Sbriziolo Universidad Pública de Navarra
Palavras-chave: Inteligências múltiplas, Literatura infantil, Realidade Aumentada, Valor educativo

Resumo

O objetivo deste trabalho é pesquisar o potencial da Realidade Aumentada na literatura infantil; em especial, pretende-se averiguar se esta ferramenta pode influenciar na motivação e na criatividade e se, de acordo com a teoria das inteligências múltiplas de Howard Gardner (1983), pode proporcionar uma aprendizagem holística e transversal. Para este propósito, as autoras tomam como ponto de partida o modelo de análise proposto em seu recente trabalho La Realidad Aumentada en la Literatura Infantil y Juvenil: situación actual y valoración (Arellano & Sbriziolo 2019) acrescentando a categoria ‘valor educativo’. Depois de analisar um corpus de obras literárias de ficção com RA para o pré-leitor (0-6 anos), confirma-se a hipótese inicial: as destrezas e habilidades promovidas pela RA poderiam ser numerosas, sempre e quando se trata de obras de qualidade e exista uma relação entre texto ‘impresso’ e texto ‘digital’.

Publicado
2020-04-07
Como Citar
Arellano, V., & Sbriziolo, C. (2020). POSSIBILIDADES DA REALIDADE AUMENTADA EM LITERATURA DE FICÇÃO PARA PRÉ-LEITORES (0-6 ANOS). Diacrítica, 34(1), 199-224. https://doi.org/10.21814/diacritica.346
Secção
Línguas & Tecnologias: modalidades, desafios e experiência