TECNOLOGIAS DIGITAIS NUMA EXPERIÊNCIA DE APRENDIZAGEM AUTÓNOMA DE LÉXICO DA LÍNGUA ALEMÃ

  • Judite Carecho FLUC
  • Rute Soares FLUC
  • Anabela Fernandes
Palavras-chave: Alemão como língua estrangeira, Aplicações digitais, Aprendizagem autónoma de vocabulário

Resumo

A aprendizagem de vocabulário na língua estrangeira é um processo que exige consolidação ao longo do tempo e as tecnologias digitais adequam-se especialmente a apoiar esse processo graças à sua vertente multimédia, à interatividade, mobilidade e flexibilidade de uso, que permitem criar recursos adequados a aprendentes com diversas necessidades e preferências. A experiência que aqui se descreve contempla recursos desenvolvidos para aprendizagem autónoma, complementar ao contexto formal da aula, que foram utilizados por estudantes de Alemão da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Apresentam-se a caracterização dos participantes no projeto, os dados de monitorização do uso das aplicações e os resultados dos inquéritos de avaliação do projeto. A avaliação que os alunos fazem dos recursos disponibilizados é bastante positiva, sendo valorizadas as características das ferramentas digitais utilizadas na aprendizagem autónoma.

Publicado
2020-04-07
Como Citar
Carecho, J., Soares, R., & Fernandes, A. (2020). TECNOLOGIAS DIGITAIS NUMA EXPERIÊNCIA DE APRENDIZAGEM AUTÓNOMA DE LÉXICO DA LÍNGUA ALEMÃ. Diacrítica, 34(1), 248-274. https://doi.org/10.21814/diacritica.355
Secção
Línguas & Tecnologias: modalidades, desafios e experiência