Perfis e inteligências múltiplas ou a preocupação didática no ensino de uma língua estrangeira

  • João Domingues CLP – Faculdade de Letras, Universidade de Coimbra, Portugal
##plugins.pubIds.doi.readerDisplayName## https://doi.org/10.21814/diacritica.36

Resumo

Partindo do diálogo entre as ciências cognitivas e a educação, a nossa reflexão não pretende propor perspetivas absolutamente inovadoras. Visa antes pensar a relação entre os métodos de ensino-aprendizagem e os saberes do domínio da psicologia cognitiva, nomeadamente sobre um bom modelo mental do estudante e sobre os princípios fundamentais da relação entre a ‘plasticidade cerebral’ e o processo de aprendizagem.

Publicado
2017-05-11
##submission.howToCite##
DOMINGUES, João. Perfis e inteligências múltiplas ou a preocupação didática no ensino de uma língua estrangeira. Diacrítica, [S.l.], v. 31, n. 1, p. 19, maio 2017. ISSN 2183-9174. Disponível em: <http://diacritica.ilch.uminho.pt/index.php/dia/article/view/36>. Acesso em: 25 set. 2017. doi: https://doi.org/10.21814/diacritica.36.
Secção
Artigo temático