Transferência reversa e colocação clítica um estudo com bilíngues Português Brasileiro e Espanhol

Palavras-chave: colocação pronominal clítica, transferência reversa, língua portuguesa, língua espanhola

Resumo

Este artigo trata de transferência reversa, isto é, a influência da L2 na L1, em situação de dominância da L1. Investiga-se a colocação pronominal clítica em complexos verbais no português brasileiro (PB) e no espanhol. O espanhol privilegia a próclise ao verbo auxiliar (subida do clítico) ou a ênclise ao verbo principal. O PB, por sua vez, perdeu a subida do clítico no século XIX. Embora a escola tente recuperar seu uso, a fala natural privilegia a próclise ao verbo principal. Assim, em princípio, pode-se admitir que falantes escolarizados do PB aceitem a subida do clítico. Por outro lado, uma aceitação plena da subida do clítico pode constituir um caso de transferência reversa, no contexto de falantes bilíngues de PB/espanhol. A fim de observar esse quadro, aplicou-se uma tarefa de leitura automonitorada com escala Likert para julgamento de gramaticalidade, manipulando a posição do clítico, em sentenças em português, a monolíngues de PB com alta escolaridade e bilíngues PB/espanhol. Os resultados demonstram que ambos grupos aceitam a subida do clítico, mas os bilíngues apresentam maior aceitação e são mais rápidos na leitura dessas sentenças em português, sugerindo uma possível interferência do espanhol no processamento de sentenças em português.

Biografia Autor

Thamyres Ribeiro da Silva Ramos, UNIVERSIDADE DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

Thamyres R. S. Ramos possui graduação (2014) e licenciatura (2016) em Letras - Português e Espanhol pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ); mestrado acadêmico em linguística (2017) pelo Programa de Pós-Graduação em Letras da UERJ com pesquisa orientada pelo arcabouço da psicolinguística experimental. Têm-se como temas de estudo: Influências translinguísticas, efeitos da L2 na L1 (reverse transfer), espanhol como língua estrangeira e bilinguismo. Atualmente, é professora de espanhol para relações internacionais em Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Também é ledora/transcritora da Fundação CESGRANRIO.

Publicado
2019-12-16
Como Citar
Ramos, T., & Augusto, M. (2019). Transferência reversa e colocação clítica um estudo com bilíngues Português Brasileiro e Espanhol. Diacrítica, 33(2), 141-155. https://doi.org/10.21814/diacritica.373
Secção
Linguística Experimental e Variedades do Português