Processamento da Morfologia Flexional Verbal do Português Brasileiro: Um estudo com rastreamento ocular

  • Julia Sabrina Justino Universidade Federal de Santa Catarina
  • Mailce Borges Mota Universidade Federal de Santa Catarina
Palavras-chave: Processamento da linguagem, Morfologia verbal, Português brasileiro, Rastreamento ocular

Resumo

O processamento da morfologia flexional verbal tem sido alvo de um amplo debate em psicolinguística. Teorias de mecanismo dual sugerem modelos de processamento nos quais formas regulares são processadas via regra computacional, enquanto formas irregulares são recuperadas na memória. Em contrapartida, teorias de mecanismo unitário afirmam que tanto formas regulares quanto irregulares podem ser processadas via mecanismo conexionista ou decomposicional. Grande parte das evidências acumuladas até o momento provém do passado simples em inglês. Ao contrário do inglês, o português possui um complexo sistema morfológico verbal. Em vista disso, um experimento psicolinguístico utilizando o método de leitura auto monitorada associada com registro de movimento ocular foi conduzido a fim de investigar se verbos regulares que pertencem a diferentes classes e tempos verbais são processados da mesma forma ou de formas diferentes. Participaram desse experimento 108 falantes nativos do português brasileiro. Os resultados sugerem que, no processamento das formas verbais flexionadas, propriedades como classe e tempo verbal, bem como elementos sintáticos que fazem parte da sentença na qual o verbo está inserido, desempenham um papel no processamento verbal.

Biografias Autor

Julia Sabrina Justino, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestra em Linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Mailce Borges Mota, Universidade Federal de Santa Catarina

Professora titular do Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e bolsista de produtividade em pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

Publicado
2019-12-16
Como Citar
Justino, J., & Mota, M. (2019). Processamento da Morfologia Flexional Verbal do Português Brasileiro: Um estudo com rastreamento ocular. Diacrítica, 33(2), 69-88. https://doi.org/10.21814/diacritica.381
Secção
Linguística Experimental e Variedades do Português