A construção de ação-causada no Português Brasileiro (PB) e seus efeitos na compreensão e produção linguística de bilingues do par PB-Inglês

  • Larissa Santos Ciríaco UFMG
  • Clarice Fernandes Santos
  • Ricardo Augusto Souza
Palavras-chave: construção de ação-causada, causação indireta, evidência bilíngue

Resumo

Um pressuposto das teorias construcionistas (Fillmore, Kay and O’Connor 1988; Croft 2001; Michaelis 2012), mais especificamente da Gramática de Construções de Goldberg (1995, 2006), é que construções de estrutura argumental, ou seja, padrões oracionais compostos por sequências ordenadas de posições sintáticas associadas a conteúdo semântico, têm significado próprio independente dos verbos que as intanciam. Com base nisso, neste artigo analisamos sentenças do português brasileiro que apresentam um significado de ação causada, como 'eu cortei o cabelo' (normalmente utilizadas pelos falantes para dizer que 'eu fui ao salão e pedi para cortarem meu cabelo'), e seus efeitos na produção e compreensão em inglês dos falantes bilíngues nativos do Brasil. Os objetivos são: i) descrever o significado de ação causada associada a forma transitiva em português brasileiro; ii) representar a construção de ação causada em português a partir de Ciríaco (2014); e iii) apresentar parte dos resultados de Santos (2019) que mostram evidências experimentais do bilinguismo para o significado construcional de ação causada. Por fim, o artigo mosta que o significado de ação causada desempenha um papel translinguisticamente e que trata-se de um tipo de construção, presente não só em português brasileiro, mas também em inglês.

Publicado
2019-12-16
Como Citar
Ciríaco, L., Santos, C., & Souza, R. (2019). A construção de ação-causada no Português Brasileiro (PB) e seus efeitos na compreensão e produção linguística de bilingues do par PB-Inglês. Diacrítica, 33(2), 216-228. https://doi.org/10.21814/diacritica.410
Secção
Linguística Experimental e Variedades do Português