A imagem estereotipada dos chineses em crónicas portuguesas

Autores

  • Marta Costa Departamento de Estudos Asiáticos, Escola de Letras, Artes e Ciências Humanas, Universidade do Minho, Braga, Portugal
  • Bruna Peixoto Centro de Estudos Humanísticos , Escola de Letras, Artes e Ciências Humanas, Universidade do Minho, Braga, Portugal http://orcid.org/0000-0001-6032-7118

DOI:

https://doi.org/10.21814/diacritica.547

Palavras-chave:

Comunicação Intercultural, Estereótipos, Meios de Comunicação, Preconceitos

Resumo

Os estereótipos e preconceitos possibilitam a diferenciação e separação entre culturas, levando por vezes a problemas de aceitação e adaptação. Os meios de comunicação fazem parte da vida quotidiana, sendo, atualmente, indispensáveis para a transmissão de conhecimento dentro e entre comunidades. A transmissão de informação parece por vezes recorrer ao uso de estereótipos e preconceitos para influenciar o público para uma determinada opinião, ou, simplesmente, facilitar a compreensão de um evento. Neste contexto, o objetivo deste artigo é apurar se e de que modo os meios de comunicação portugueses, em particular a crónica jornalística, transmitem e conservam estereótipos e preconceitos sobre a China e os chineses. Deste modo, inicia-se o mesmo com uma breve base teórica para a análise de textos retirados de revistas portuguesas, procedendo-se ao levantamento de estereótipos e preconceitos sobre os chineses neles presentes. Propõe-se que a linguagem usada pelos autores de crónicas, influenciada pelos estereótipos sobre os chineses, contribui para a manutenção de ‘ideias feitas’ na sociedade.

Downloads

Publicado

2021-05-06

Como Citar

Costa, M., & Peixoto, B. (2021). A imagem estereotipada dos chineses em crónicas portuguesas. Diacrítica, 35(1), 229–246. https://doi.org/10.21814/diacritica.547

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)