IDENTIDADE E DIFERENÇAS NA TERMINOLOGIA DA FAUNA E DA FLORA: NOTAS SOBRE UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE AS LÍNGUAS PORTUGUESA, INGLESA, ITALIANA E ESPANHOLA

  • Sabrina de Cássia Martins Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), Belo Horizonte, Brasil.

Resumo

O presente estudo tem como objetivo examinar o fenômeno da variação denominativa na terminologia da fauna e da ora nas línguas portuguesa, inglesa, italiana e espanhola. Partindo-se da premissa de que a proximidade entre o observador e o meio em que a espécie ocorre propicia a formação tanto do nome cientí&co quanto de seus nomes vernaculares, analisamos as variantes denominativas em português de cerca de duzentas espécies, comparando as motivações atuantes na formação de tais itens nessa língua, assim como em espanhol, italiano e inglês.
Baseamo-nos na Teoria Comunicativa da Terminologia e assinalamos a in/uência de fatores sócio-históricos e culturais atuantes na composição da terminologia aqui abordada, ênfase para as variantes denominativas compostas por nomes de cores, por nós denominadas de expressões cromáticas especializadas.

Publicado
2020-03-20
Como Citar
Martins, S. (2020). IDENTIDADE E DIFERENÇAS NA TERMINOLOGIA DA FAUNA E DA FLORA: NOTAS SOBRE UM ESTUDO COMPARATIVO ENTRE AS LÍNGUAS PORTUGUESA, INGLESA, ITALIANA E ESPANHOLA. Diacrítica, 32(3), 11-29. https://doi.org/10.21814/diacritica.571
Secção
Corpora nas Humanidades Digitais