ANÁLISE CONTRASTIVA DAS FORMAS DE TRATAMENTO AO INTERLOCUTOR NO TEATRO BRASILEIRO E PORTUGUÊS DOS SÉCULOS XIX E XX

  • Ana Carolina Morito Machado Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro, Brasil

Resumo

Este trabalho tem como objetivo analisar o comportamento das formas de
tratamento ao interlocutor, que, nesta pesquisa, são consideradas Tradições
Discursivas, no Português brasileiro e europeu dos séculos XIX e XX. Para
tal, investiga-se a distribuição dessas estratégias, à luz da Sociolinguística
Variacionista, em vinte e nove peças teatrais escritas ao longo desse período.
Para auxiliar na compreensão de questões relativas às relações sociais e a motivações
pragmáticas, foram utilizadas questões discutidas pelo trabalho The pronouns
of power and solidarity, de Brown e Gilman (2003 [1960]). Os resultados
apontam para uma similaridade entre o sistema de tratamento no Português
brasileiro (PB) e do Português europeu no terceiro quarto do século XIX, e para
um progressivo distanciamento entre as duas variedades, a partir dos últimos
anos do século XIX.

Publicado
2020-03-20
Como Citar
Machado, A. C. (2020). ANÁLISE CONTRASTIVA DAS FORMAS DE TRATAMENTO AO INTERLOCUTOR NO TEATRO BRASILEIRO E PORTUGUÊS DOS SÉCULOS XIX E XX. Diacrítica, 32(3), 177-205. https://doi.org/10.21814/diacritica.578
Secção
Corpora nas Humanidades Digitais