A articulação entre advérbio e aspecto

Uma proposta cognitivista e multimodal

Autores

DOI:

https://doi.org/10.21814/diacritica.636

Palavras-chave:

Advérbio, Aspecto, Gramática Cognitiva, Gramática de Construções do Enunciado, Estudos de Gesto

Resumo

No Português Brasileiro, a expressão do aspecto não se restringe apenas a verbos, mas pode ser estendida a advérbios. Neste trabalho, temos por objetivo articular, no âmbito da Gramática Cognitiva, as categorias de “advérbio”, “repetição” e “aspecto/aspectualidade”, a fim de descrever a categoria “ advérbio aspectualizador de repetição ”.  Além disso, demonstramos como a categoria em questão pode ser instanciada pelo esquema construcional parcialmente preenchido [QNT + vezes]. Considerando a relevância dos Estudos de Gesto na instanciação da categoria em análise, é apresentada a articulação entre aspecto e gestos na Gramática Cognitiva, assim como o modelo da Gramática de Construções do Enunciado. Posteriormente, são apresentados os procedimentos metodológicos de identificação e análise gestual, em correlação com a fala, assim como a coleta e a análise de exemplos ilustrativos. A discussão dos resultados evidencia que, as construções verbais instanciadas pelo esquema [QNT + vezes] podem ser atreladas à repetição gestual, marcando iteração ou reduplicação, e à ocorrência do Esquema Imagético gestual ciclo. Portanto, do ponto de vista multimodal, a sucessão de eventos ou atos repetitivos, veiculados na fala, constitui-se como uma ação limitada ou ilimitada, demonstrada nos gestos.

 

Downloads

Publicado

2021-05-06

Como Citar

Passos, H., & Avelar, M. (2021). A articulação entre advérbio e aspecto: Uma proposta cognitivista e multimodal. Diacrítica, 35(1), 133–153. https://doi.org/10.21814/diacritica.636

Edição

Secção

Tempo e Aspeto nas Línguas Românicas: Sincronia e Diacronia