“Concordo com a maioria das meninas. Não concordo muito com a....”

A argumentação e discurso do cotidiano escolar

  • Daniela Aparecida Vendramini-Zanella Universidade de Sorocaba
Palavras-chave: Argumentação. Formação docente. Teoria da Atividade Sócio-Histórico-Cultural. Crítico-criativo.

Resumo

Este estudo está contextualizado na atividade de formação docente a partir do projeto de Extensão Universitária “_______” e PIBID [1]- Língua Inglesa (LI), na Universidade ______. O trabalho tem o objetivo de analisar a produção de significados na atividade de formação docente e compreender o papel da argumentação para o desenvolvimento crítico-criativo de futuras-professoras.  Apresenta como base teórica os fundamentos da Teoria da Atividade Sócio-Histórico-Cultural. A análise é realizada a partir de dois excertos advindos da discussão em um encontro de formação, embasada pelo aporte teórico metodológico da Pesquisa Crítico-Colaborativa. Os excertos são discutidos por meio de categorias argumentativas, que centralizam os aspectos enunciativo-discursivo-linguísticos e interpretados mediante o quadro teórico apresentado neste trabalho. A análise aponta que a oposição configura-se como categoria argumentativa, materializando o confronto entre os sentidos produzidos pelas futuras-professoras e a pesquisadora-formadora. Assim, a oposição apresenta papel fundamental para o desenvolvimento crítico-criativo das futuras-professoras, legitimando a importância da argumentação no contexto escolar.

 

Palavras-chave: Argumentação. Formação docente. Teoria da Atividade Sócio-Histórico-Cultural. Crítico-criativo.

 

This study is situated on a teacher education context, from an Extramural project “________”, at University _______. The text aims at analyzing the meaning production in the teacher education activity and comprehending the argumentation role to a critical-creative view´s development. The research is based on the Social-Historical-Cultural Activity Theory. The analysis is development from two excerpts originated from a discussion in a meeting of the teacher education activity, theoretical methodologically based on the Critical-Collaboration Research. The excerpts are discussed from categories that focus on enunciative-discoursive-liguistic aspects and interpreted under the theoretical base presented on this study.  The analysis shows that the opposition configures itself as an argumentative category which materializes the confrontation between future teacher´s and research teacher’s produced senses. Thus, the opposition is essential in order to contribute to a critical-creative view´s development of the future teachers, legitimizing the argumentation importance in scholar context.

Key-words: Argumentation. Teacher Education.  Cultural-historical Activity Theory. Critical-creative.

 

[1] Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência de Língua Inglesa (Pibid-LI).  

Publicado
2018-11-28
Como Citar
Vendramini-Zanella, D. (2018). “Concordo com a maioria das meninas. Não concordo muito com a.”. Diacrítica, 32(1), 111-131. https://doi.org/https://doi.org/10.21814/diacritica.96
Secção
Argumentação e Discursos